VIDA PRISIONAL





Acesse o site www.carceraria.org.br e fique ligado nas notícias e atividades da Pastoral Carcerária. Se desejar colaborar com o site deles com notícias, envie sua mensagem para imprensa@carceraria.org.br.





PARA VER MAIS SOBRE AS NOTÍCIAS, CLIQUE NO LINK-"LEIA MAIS"


Boletim Informativo 04/08/2017

Padre Valdir Silveira denuncia encarceramento em massa e genocídio da população negra em seminário na Academia Brasileira de Letras

O coordenador nacional da Pastoral Carcerária realizou uma fala na Academia Brasileira de Letras (ABL) no Seminário Brasil, brasis, cujo tema era “Crônica de uma juventude assassinada”. Ligando a literatura à realidade do sistema prisional, o coordenador da PCr criticou o encarceramento em massa e os assassinatos cotidianos de pessoas pobres e negras. “A Pastoral Carcerária tem como horizonte 'Um mundo sem cárcere'. O reino de Deus é um reino de igualdade, de fraternidade e onde a justiça tem o nome de misericórdia, segundo o nosso papa Francisco. Não agimos como Fiodor Dostoiévski descreve a religião junto aos condenados, no livro Os Irmãos Karamazov, no diálogo entre Ivan e Aliócha: aceitar a punição até a morte, como forma de submeter-se à vontade de Deus! Não! “Portanto, agimos de acordo com os documentos e orientações do magistério e da doutrina social da Igreja, e muito atentos ao papa Francisco, que desafiam a todos os cristãos/ãs a combater a mãe de todas as violências, a desigualdade social”. 

Padre Almir Ramos: a vocação do agente da Pastoral Carcerária

"Para ser um agente da Pastoral Carcerária, é necessário que a pessoa seja chamada. Este chamado parte do Senhor, o Deus da vida e da história que caminha com seu povo e sempre chama homens e mulheres para segui-lo. O agente da Pastoral Carcerária é convidado a ir até a última cela, o castigo, o seguro, a enfermaria. Nesses espaços os agentes vão procurar aqueles homens e mulheres que vivem amontoados em condições sub-humanas nos presídios superlotados. Indo ao encontro desses homens e mulheres que muitas vezes perderam toda a sua aparência humana e já não interessa a quase ninguém, a Pastoral Carcerária deve assumir sua vocação profética. Não é possível encontrar tanta desumanidade e ficar calado".  

Julgamento de habeas corpus para Rafael Braga é adiado

Sustentado na tarde desta terça-feira (1/8) no TJRJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro) pelo advogado Lucas Sada, o habeas corpus do ex-catador de latas Rafael Braga teve seu julgamento adiado após o desembargador Luiz Zveiter, presidente da 1ª Câmara Criminal, pedir vista dos autos do processo. Os outros dois desembargadores, Antonio Jayme Boente e a relatora Kátya Monnerat, votaram contra o pedido de liberdade. 

Dom Luiz Demétrio: o silêncio das ruas revela que não há mais esperança nas instituições brasileiras

De acordo com o bispo-emérito, o poder Judiciário e o Congresso Nacional estão instrumentalizados para salvar os seus próprios privilégios. “Não se pode permitir que ministros do Supremo Tribunal Federal façam do seu cargo uma opção política partidária a ser defendida publicamente. Isto diminui a legitimidade, a confiança e é perigoso para uma nação”, disse. Dom Demétrio disse que os grandes interesses convergiram e o presidente que temos agora serve de instrumento da execução destes interesses escusos. Para ele, o silêncio das ruas não é uma concordância tácita com o que está acontecendo, como alguns querem fazer acreditar. Pelo contrário, “é um sintoma preocupante de que não temos mais esperanças e sinais concretos para recuperar o rumo da caminhada histórica do Brasil”. 

Angela Davis: o encarceramento em massa nunca trouxe soluções para conter a violência

Grande crítica do sistema judicial no mundo, Davis, ao longo dos anos, tem realizado discussões e estudos sobre o chamado “abolicionismo penal”, por entender que existe uma relação entre encarceramento em massa e escravidão que, na verdade, reforça um “instrumento de perpetuação da violência”, e não o combate a ela. 

A polícia que mais mata também é a que mais morre, diz ex-comandante geral da PM no Rio

O coronel reformado Ibis Silva Pereira, 54, vê na política nacional de guerra às drogas um dos principais problemas da segurança pública no país. Ele diz acreditar que a chamada “lógica da guerra” resulta apenas no aumento de mortes tanto de agentes de segurança quanto de civis. Ibis critica o que classifica como falta de planejamento de segurança pública a longo prazo por parte do Estado e defende que não há plano de segurança de fato para tratar da crise atual. 

Dos 574 mil detentos e detentas no Brasil, apenas 20% trabalham e 8,6% estudam

Prisões lotadas e poucas possibilidades de ressocialização. No paradoxo de unir punição e atividades que reabilitem os indivíduos para o convívio em sociedade, as atividades ressocializadoras, que não têm caráter de punição, são secundarizadas. Cerca de 64,77% das mulheres encarceradas são analfabetas, ainda que a lei N.º 2.230, de 2011 obrigue todas as unidades prisionais a terem espaço físico e profissionais voltados à oferta de educação no cárcere, contudo, a oferta de ensino varia de educação básica e supletivos a curso pontuais ou atividades profissionalizantes. 

Pastoral Carcerária do Regional Leste I realiza sua 15ª assembleia estadual

Nos dias 28, 29 e 30 de julho aconteceu a 15ª Assembleia Estadual da Pastoral Carcerária. O evento foi realizado na Casa de retiros São Francisco de Sales, Comunidade Semente do Verbo no bairro Riachuelo (RJ). A assembleia foi organizada pela coordenação regional e contou com as participações dos coordenadores e agentes de pastoral. O principal objetivo é auxiliar os agentes na formação espiritual e humana. 

Acesse o site www.carceraria.org.br e fique ligado nas notícias e atividades da Pastoral Carcerária. Se desejar colaborar conosco com notícias, envie sua mensagem para imprensa@carceraria.org.br.

PASTORAL CARCERÁRIA NACIONAL -PCrN/CNBB
Coordenação Executiva Nacional:
Pe. Valdir João da Silveira, Pe. Gianfranco Graziola, Ir. Petra Pfaller, 
Paulo Cesar Malvezzi Filho
Tel.: 55 (11) 3101-9419 - Skype: carceraria.secretaria
E-mail: nacional@carceraria.org.br - www.carceraria.org.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário